A hospedeira – Stephenie Meyer

A-Hospedeira

A hospedeira, ao contrario do que eu pensava, me surpreendeu. Gostei muito do livro e confesso, com uma pontinha de vergonha, que quando comprei, ou ganhei não me lembro ao certo, não tinha muitas esperanças com o ele, e se você como eu pensa assim, aconselho a ler, porque é muito bom. Sim, é uma história romântica, mas a história apresenta muito mais do que apenas isso.
Para começar a terra foi invadida por “alienígenas”, acho que posso denominá-los assim, enfim, esses seres são pequenas entidades que se alojam nos seres humanos e tomam conta da vida e do corpo da pessoa, tendo acesso a memórias e pensamentos, e fazem de tudo para suprimir a alma humana e tomar o lugar dela. Ao fazerem isso, um contorno prateado aparece em torno da pupila, desse modo é possível identificar humanos de Almas (assim são chamados).

frases_a_hospedeira

Esses seres são incapazes de serem violentos ou cruéis, eles acreditam que fazem isso por um bem maior, e tem o objetivo de nos ajuda a cuidar de nosso planeta. Assim os poucos seres humanos restantes que ainda tem controle sobre o próprio corpo e vida precisa se refugiar em esconderijos e viver nas sombras, se organizando e criando resistência contra esses seres.
Nesse senário que encontramos a nossa protagonista, Melanie Stryder, uma jovem que acaba sendo pega por um grupo de buscadores (uma especie de “policiais” das almas, mantém a ordem e procuram por humanos), na ocasião ela estava fugindo com seu irmão mais novo Jamie e seu namorado Jared. Ao ser pega, a alma que é escolhida para o corpo de Mel é Peregrina, ou Peg.
O procedimento normal ao inserir uma alma em alguém é que a pessoa deixe de existir, porem Mel se recusa a sumir e não deixa Peg assumir o controle. E durante algumas paginas acompanhamos a luta entre as duas mentes dentro do mesmo corpo (precisa de um pouquinho de paciência) O problema é que Melanie não consegue conter os pensamentos sobre o irmão e o namorado, o que faz com que Peregrina acabe desenvolvendo apego pelos dois também, mesmo sabendo que é arriscado as duas acabam se tornando amigas e aliadas.
Sob desconfianças de uma buscadora, Peg sai em busca da família de Melanie, tendo ela como orientação para achar o esconderijo, é claro que ao achar a família ela é recebida da pior forma, todos desconfiam e nos primeiros dias ela fica presa.
Apos um certo tempo acaba ganhando a confiança de algumas pessoas, obviamente não todos, e acaba convivendo com todos e participando das tarefas e do dia a dia. Porém o que ninguém, muito menos Mel, esperava, é que Ian, um dos humanos da resistência que inicialmente tenta matar Peg ao lado de seu irmão Kyle e depois acabaria tornando-se um dos primeiros personagens a lhe aceitar e apoiar, se apaixonaria por ela, se tornando muito devoto e amável além de ignorar o fato de ela ser de uma especie totalmente diferente.
Obviamente o livro gira em torno do romance, de um certo triangulo amoroso inicialmente, mas o mais interessante na historia é o modo coo os sentimentos são tratados, Peg nunca tinha habitado um corpo humano, então o fluxo de emoções que sente é absolutamente novo para ela, e parece que todos os sentimentos foram colocados em um microscópio. Tudo para ela é novo e ela vive e percebe as emoções de maneira intensa.
Outro fato que me chamou atenção foi que o livro, ao contrário de muitos, explora vários tipos de amor, entre família, entre amigos, entre namorados e etc.
É claro que não vou contar o final, mas fiquem tranquilos que não é triste, e para quem quiser, tem o filme claro achei a adaptação boa, e em certas partes até cobriu alguns furos do livro, porém prefiro sempre os livros rsrs. Se a autora realmente lança a sequencia que anunciou estar escrevendo, logo logo venho postar a continuação da história pra vocês. Espero que gostem da leitura e que se interessem pelo livro tanto quanto eu.
Beijos, até semana que vem.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s